Em crianças os sintomas continuam aparecendo de forma mais leve

Na manhã desta terça-feira (25), durante coletiva de imprensa, o Secretário de Estado da Saúde (SES) Carlos Lula, divulgou o resultado dos testes sorológicos que foram realizados no Maranhão.

De acordo com o secretário um número alarmante é da quantidade de crianças de 0 a 9 anos, onde foi encontrado um grande número que foram ou estão infectadas. Mesmo que nelas os sintomas apareçam de forma mais leve.

“Elas se descaram muito e são possiveis transmissores. Podendo ter transmitido inclusive para a população mais velha”, disse Carlos Lula

Durante a coletiva também foi divulgado o resultado geral do estudo sorológico, onde foi apresentado que 40,04% da população maranhense teve contato com o novo coronavírus.

O estudo sorológico teve como objetivo, estimar o percentual da população maranhense que já apresenta anticorpos contra o novo coronavírus, e também ter uma porcentagem de pessoas com teste positivo que apresentaram ou não infecção, no caso de assintomáticos. O resultado foi semelhante entre homens e mulheres, que participaram da pesquisa e não teve variação de faixa de idade.

A pesquisa teve início no dia 27 de julho e se estendeu até o dia 7 de agosto. 

Coronavírus no Maranhão

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta segunda-feira (24), mostrou que o Maranhão já registrou 144.895 casos confirmados e 3.365 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h foram registrados 495 novos casos e 13 mortes pela doença.

De acordo com o boletim, o interior do estado é onde está o maior número de novos casos registrados com 402, a ilha de São Luís registrou 84 e Imperatriz 9.

Dos mais de 144 mil casos, 8.064 estão ativos. Desses, 7.575 estão em isolamento social, 295 internados em enfermaria e 194 em leitos de UTI.

Centros de testagem em São Luís

Quem apresentar sintomas de Covid-19, deve procurar o Centro de Testagem da Policlínica Diamante e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), localizadas no Vinhais, Itaqui-Bacanga, Cidade Operária e Araçagy. Para os profissionais da área da saúde e segurança pública os atendimentos ocorrem no Viva da Beira-Mar.